Resenha: Meninas selvagens

Resenha: Meninas selvagens

Resenha 🌷⁣

#resenhameuromeo⁣

320 páginas //⁣ Rory Power // @galerarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MENINAS SELVAGENS, que eu recebi em parceria com a Editora Galera Record.⁣

Há aproximadamente dezoito meses, a Escola Raxter tem sofrido uma transformação estranha. A princípio, somente as professoras foram atingidas, mas agora as alunas da escola também estão passando por transformações estranhas em seu corpo, o que levou à escola a entrar em quarentena.⁣

Ninguém pode sair dos limites da escola, pois pode ser perigoso.⁣

E então, a amizade de três alunas começa a ficar mais forte, a medida que essa doença misteriosa se alastra.⁣

Hetty, Byatt e Reese, tentam entender essas mudanças e o que está acontecendo de verdade, até que uma delas acaba desaparecendo.⁣

E então, Hetty tenta achar respostas sobre o que aconteceu com sua amiga, em torno de um colégio cheio de mistérios.⁣

🌷A história começa de uma forma muito interessante.⁣

Ainda mais agora que estamos passando por uma epidemia, o fato das meninas passarem por uma doença misteriosa e que não sabem o que de fato as ocasionou, nem o que ela pode fazer com elas, trouxe um pouco da nossa realidade.⁣

A princípio, eu fiquei super curiosa sobre como a autora desenvolveria a doença, bem como seus mistérios, porém, infelizmente acredito que a medida que a história foi fechando na metade final, ela acabou se perdendo.⁣

Como disse anteriormente, a ideia da história foi muito boa, mas infelizmente senti aquela sensação de “faltaram algumas páginas”.⁣

Achei o final corrido, sem muita explicação, e com algumas inconsistências na personalidades dos personagens que acabaram me deixando um pouco frustrada, já que achei a ideia inicial muito boa.⁣

Faltou um pouco de explicação sobre a doença, sobre os efeitos que ela ocasionava, bem como do que ela foi originada, e apesar de não achar que precisava ter explicações sobre a cura, o que eu esperava eram mais explicações sobre ela, até porquê ela está sendo estudada no decorrer da trama.⁣

Outro ponto que me incomodou e que até citei acima, foi que a personalidade das personagens mudou muito de repente, elas tinham uma forma de pensar, e em uma virada de página, parecia que tudo aquilo que elas pensavam, mudou sem uma explicação mais concisa.⁣

Não é um livro ruim, longe disso, mas tem estes pontos que me incomodaram.⁣

Eu sempre penso que a leitura é diferente pra cada pessoa, você só vai saber a sua opinião de fato, se ler. Então, mesmo com a minha opinião recomendo que leia e reflita sobre toda a história, até porque muitas vezes, você pode ter uma visão totalmente diferente da minha.

Resenha: Namorado Modelo

Resenha: Namorado Modelo

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

378 páginas || Stuart Reardon e Jane Harvey-Berrick || @editorarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro NAMORADO MODELO, segundo livro da duologia Imbatível e que eu recebi em parceria com a Editora Record.

Após se aposentar do rugby com 33 anos, Nick Renshaw está um pouco perdido sobre o rumo que levará a sua vida.

Uma coisa ele tem certeza: sempre terá o apoio de sua namorada, Anna Scott.

Só que ele está um pouco depressivo, já que seus dias que antes eram totalmente voltados para o esporte agora são vazios, ele está totalmente “perdido”.

E quando um convite inesperado acaba surgindo, e uma nova profissão acaba tomando os seus dias, ele precisará ver se é isso o que ele quer, ou se às vezes o que tanto procura está bem ao seu lado.

🌷Confesso que quando eu comecei a ler esse livro, e vi já um casal de muitos anos de relacionamento (eles possuem 5 anos de namoro no início do livro), eu não sabia que este livro era na verdade uma continuação do primeiro.

Apesar de ser uma continuação, ele não me atrapalhou em nada na leitura, já que pareciam até histórias independentes.

A história é bem fluída…bem mesmo. Eu fui virando páginas sem parar, e nem percebia que já tinha lido tanto em tão pouco tempo.

Apesar de gostar das referências em relação ao esporte e ao mundo da moda, eu não consegui me conectar com o casal.

Não sei se talvez influenciada por não ter conhecido eles no primeiro livro, mas passei a leitura toda como se faltasse algo.

É difícil até explicar, mas em alguns momentos achei que faltava diálogo e emoção na história deles.

A realidade é que eu achava que um grande drama iria surgir na história, e criei essa expectativa, e quando não vi isso, fiquei um pouco chateada (e olha que nem gosto de drama), porque esperava uma grande reviravolta.

Eu ainda não conhecia a escrita dos autores, e apesar de achar a leitura bem rápida, a minha única crítica é que faltou mais emoção na história.

Apesar disso, o final foi bem fofo, e um grande destaque ao melhor amigo da mocinha, que sempre que aparecia trazia um tom alegre e bem humorado a história.

Então, se você já leu o primeiro livro recomendo ler a continuação da história, e se ainda não leu, acho interessante começar por ele, porque talvez tenha uma percepção diferente.

Enfim, espero que tenham gostado e que leiam para tirar suas conclusões.

Resenha: Uma tocha na escuridão / Sabaa Tahir

Resenha: Uma tocha na escuridão / Sabaa Tahir

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

434 páginas // @sabaatahir // @veruseditora

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA TOCHA NA ESCURIDÃO, que é o segundo livro da trilogia Uma chama entre as cinzas e que foi lido e resenhado pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

*Se você não leu o livro anterior, pode conter spoiler.*

Laia e Elias estão em fuga do Império, em busca do irmão dela que está na prisão de Kauf.

Nesta prisão é onde ocorrem as maiores torturas, e onde é quase impossível sair, pois, ela tem toda a sua fortaleza muito bem produzida e planejada.

Enquanto Laia e Elias fazem de tudo, para conseguir a liberdade do irmão de Laia e da própria liberdade, eles terão que ser muito fortes e corajosos, para enfrentar não somente o Imperador Marcus, mas também o sádico diretor da prisão, bem como a ex-melhor amiga de Elias, Helene que agora a Águia de Sangue do Império.

🌷 Quando eu li o primeiro livro, achei que ele era cheio de reviravoltas, mas jamais me preparei que esse fosse ser como o primeiro, e posso garantir que ele tem tão ou mais reviravoltas do que a primeira história.

A Laia foi uma personagem que quando eu achei que ela não pudesse mais evoluir, eis que ela me mostra que a sua força de vontade em lutar pela liberdade de seu irmão e de todos a sua volta, é maior do que tudo.

A história é cheia de momentos que deixa o leitor literalmente de queixo caído, pois, eu jamais esperei alguns acontecimentos.

Enquanto no primeiro livro, a narração da história era só feita pela Laia e pelo Elias, nessa segunda história também podemos acompanhar a Helene como narradora.

Apesar da Helene não ser minha personagem favorita, na verdade, teve alguns momentos que ela me tirou muito do sério, eu gostei de poder acompanhar seus pensamentos e até entendi que algumas coisas que ela fez, foram por amor.

Temos muita adrenalina na história, muitos acontecimentos inesperados, além de morte, lutas e conflitos, e tudo o que uma boa fantasia tem que ter.

Eu adorei a continuação e não vejo a hora de lançarem o terceiro livro é assim concluir essa trilogia que me conquistou do início ao fim.

Resenha: Uma Chama Entre as Cinzas / Sabaa Tahir

Resenha: Uma Chama Entre as Cinzas / Sabaa Tahir

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

434 páginas // Sabaa Tahir // Verus Editora

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA CHAMA ENTRE AS CINZAS, que é o primeiro livro da trilogia Uma chama entre as cinzas, e que foi lido e resenhado pela colaboradora, Juh Pongeluppe.

Laia vive no Império Marcial junto com seu irmão mais velho e seus avós.

O Império Marcial é brutal, e ir contra ele, significa colocar a sua própria vida em jogo.

Quando então, o irmão de Laia é acusado de traição e preso, Laia não vê outra medida a não ser arriscar a sua própria vida para libertá-lo.

Pra isso, ela acaba se unindo aos rebeldes que prometem ajudar a libertar seu irmão, desde que ela prometa ser espiã dentro da academia militar.

E então lá, seu caminho acaba cruzando com o de Elias, que apesar de ser o melhor soldado da academia, não concorda com a a tirania imposta pelo Imperador.

Juntos, eles farão de tudo para libertar o povo, sem perceber que suas escolhas podem mudar todo o curso da história.

🌷Pense em um livro maravilhoso. Agora multiplique isso por 1000 e você terá a nota deste livro.

Nessa história, o leitor não consegue desgrudar, porque são tantos os acontecimentos, e eles são tão bem interligados, que a cada página lida, o meu choque e o meu desespero por mais só aumentava.

É aquele tipo de história que prende o leitor do início ao fim, e você fica tão obcecado por saber o que vai acontecer no próximo livro que você é capaz de virar a noite toda lendo, que por sinal, foi o que aconteceu comigo.

A Laia é aquele tipo de heroína que dá gosto em ler. Ela é forte e destemida, já que ela não se conforma com a forma como seu irmão, e todo o povo é tratado.

Além disso, temos um personagem que combate de igual para igual com ela, tanto na força, como na coragem, que é o Elias.

A história tem ação do início ao fim, e por ser uma fantasia com tons de aventura, eu confesso que não esperava nada menos do que isso.

A Sabaa tem uma escrita tão fluída, que você lê as 434 páginas sem nem sentir. Você vai virando página após página, capítulo após capítulo e ficando totalmente viciado.

Eu acabei esse livro em êxtase e agradecendo aos céus, pois o segundo livro já está publicado e o terceiro entrou em pré-venda recentemente.

Então, se você é fã de fantasia com personagens bem montados e uma trama sem falhas, esse livro com certeza é indicado para você.

Resenha: O Amante / Marguerite Duras

Resenha: O Amante / Marguerite Duras

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

128 páginas // Marguerite Duras // Editora Tusquets.

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O AMANTE, que eu recebi em parceria com a Editora Tusquets.

Este livro que é um clássico da literatura, conta a história de uma jovem francesa, nascida em Saigon, com um rico comerciante chinês.

Este livro, que já vendeu mais de 2 milhões de cópias só no território francês, é um romance autobiográfico.

Não é uma história feliz.

Na verdade ele beira a uma história de uma personagem que beirava a depressão.

Não, não é um livro ruim, longe disso.

Mas é uma trama mais lenta, mesmo com suas poucas páginas, no qual vamos acompanhado toda a história de Marguerite.

A história começa no ano de 1930, e narra o começo difícil de Marguerite e de sua família, e todos os problemas familiares pelos quais passaram.

A trama segue com ela conhecendo o homem que se tornaria o grande amor de sua vida.

Em alguns momentos, nos deparamos com tantos problemas familiares e percebemos como a história narra uma vida de prostituição com seu rico amante chinês, que provia grande parte do sustento de sua família, mas que mesmo assim sua mãe achava que seus irmãos, que não ajudavam em nada, mais honrados do que ela.

É uma trama densa, mas que tem todo o seu brilhantismo por trás.

Nos faz pensar muito em como a família pode acabar com os sonhos de uma jovem menina.