Resenha: Meninas selvagens

Resenha: Meninas selvagens

Resenha 🌷⁣

#resenhameuromeo⁣

320 páginas //⁣ Rory Power // @galerarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MENINAS SELVAGENS, que eu recebi em parceria com a Editora Galera Record.⁣

Há aproximadamente dezoito meses, a Escola Raxter tem sofrido uma transformação estranha. A princípio, somente as professoras foram atingidas, mas agora as alunas da escola também estão passando por transformações estranhas em seu corpo, o que levou à escola a entrar em quarentena.⁣

Ninguém pode sair dos limites da escola, pois pode ser perigoso.⁣

E então, a amizade de três alunas começa a ficar mais forte, a medida que essa doença misteriosa se alastra.⁣

Hetty, Byatt e Reese, tentam entender essas mudanças e o que está acontecendo de verdade, até que uma delas acaba desaparecendo.⁣

E então, Hetty tenta achar respostas sobre o que aconteceu com sua amiga, em torno de um colégio cheio de mistérios.⁣

🌷A história começa de uma forma muito interessante.⁣

Ainda mais agora que estamos passando por uma epidemia, o fato das meninas passarem por uma doença misteriosa e que não sabem o que de fato as ocasionou, nem o que ela pode fazer com elas, trouxe um pouco da nossa realidade.⁣

A princípio, eu fiquei super curiosa sobre como a autora desenvolveria a doença, bem como seus mistérios, porém, infelizmente acredito que a medida que a história foi fechando na metade final, ela acabou se perdendo.⁣

Como disse anteriormente, a ideia da história foi muito boa, mas infelizmente senti aquela sensação de “faltaram algumas páginas”.⁣

Achei o final corrido, sem muita explicação, e com algumas inconsistências na personalidades dos personagens que acabaram me deixando um pouco frustrada, já que achei a ideia inicial muito boa.⁣

Faltou um pouco de explicação sobre a doença, sobre os efeitos que ela ocasionava, bem como do que ela foi originada, e apesar de não achar que precisava ter explicações sobre a cura, o que eu esperava eram mais explicações sobre ela, até porquê ela está sendo estudada no decorrer da trama.⁣

Outro ponto que me incomodou e que até citei acima, foi que a personalidade das personagens mudou muito de repente, elas tinham uma forma de pensar, e em uma virada de página, parecia que tudo aquilo que elas pensavam, mudou sem uma explicação mais concisa.⁣

Não é um livro ruim, longe disso, mas tem estes pontos que me incomodaram.⁣

Eu sempre penso que a leitura é diferente pra cada pessoa, você só vai saber a sua opinião de fato, se ler. Então, mesmo com a minha opinião recomendo que leia e reflita sobre toda a história, até porque muitas vezes, você pode ter uma visão totalmente diferente da minha.

Resenha: Namorado Modelo

Resenha: Namorado Modelo

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

378 páginas || Stuart Reardon e Jane Harvey-Berrick || @editorarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro NAMORADO MODELO, segundo livro da duologia Imbatível e que eu recebi em parceria com a Editora Record.

Após se aposentar do rugby com 33 anos, Nick Renshaw está um pouco perdido sobre o rumo que levará a sua vida.

Uma coisa ele tem certeza: sempre terá o apoio de sua namorada, Anna Scott.

Só que ele está um pouco depressivo, já que seus dias que antes eram totalmente voltados para o esporte agora são vazios, ele está totalmente “perdido”.

E quando um convite inesperado acaba surgindo, e uma nova profissão acaba tomando os seus dias, ele precisará ver se é isso o que ele quer, ou se às vezes o que tanto procura está bem ao seu lado.

🌷Confesso que quando eu comecei a ler esse livro, e vi já um casal de muitos anos de relacionamento (eles possuem 5 anos de namoro no início do livro), eu não sabia que este livro era na verdade uma continuação do primeiro.

Apesar de ser uma continuação, ele não me atrapalhou em nada na leitura, já que pareciam até histórias independentes.

A história é bem fluída…bem mesmo. Eu fui virando páginas sem parar, e nem percebia que já tinha lido tanto em tão pouco tempo.

Apesar de gostar das referências em relação ao esporte e ao mundo da moda, eu não consegui me conectar com o casal.

Não sei se talvez influenciada por não ter conhecido eles no primeiro livro, mas passei a leitura toda como se faltasse algo.

É difícil até explicar, mas em alguns momentos achei que faltava diálogo e emoção na história deles.

A realidade é que eu achava que um grande drama iria surgir na história, e criei essa expectativa, e quando não vi isso, fiquei um pouco chateada (e olha que nem gosto de drama), porque esperava uma grande reviravolta.

Eu ainda não conhecia a escrita dos autores, e apesar de achar a leitura bem rápida, a minha única crítica é que faltou mais emoção na história.

Apesar disso, o final foi bem fofo, e um grande destaque ao melhor amigo da mocinha, que sempre que aparecia trazia um tom alegre e bem humorado a história.

Então, se você já leu o primeiro livro recomendo ler a continuação da história, e se ainda não leu, acho interessante começar por ele, porque talvez tenha uma percepção diferente.

Enfim, espero que tenham gostado e que leiam para tirar suas conclusões.

Resenha: O amor não é óbvio

Resenha: O amor não é óbvio

Resenha 🌷

392 páginas || @elaynebaeta ||@galerarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O AMOR NÃO É ÓBVIO que eu recebi em parceria com a Editora Galera Record, e que foi lido pela colaboradora Fernanda.

Íris Pêssego, tem 17 anos e nutre há muitos anos um amor secreto pelo popular, Cadu Sena.

Apesar de tímida, ela acredita que agora que Cadu foi abandonado por sua namorada por uma nova menina, a misteriosa Édra Norr, esta é sua chance de conquista-lo.

O problema é que a medida que vai conhecendo mais essa misteriosa menina, Íris começa a descobrir um novo sentimento que jamais pensou ter.
⠀⠀⠀⠀
🌷Primeiramente adorei esse livro.
Pra mim que estou acostumada a ler livros com a temática LGBT, adorei a forma como a autora construiu os personagens.

É um livro Teen, que mostra a descoberta sobre um novo mundo, que até então pra Íris era totalmente desconhecido.

A medida que ela vai querendo saber mais sobre a misteriosa Édra, e ambas acabam tendo essa aproximação, você vai vendo como o amor é bonito e que ele acontece com quem você menos espera.

A descoberta sobre a sexualidade, sobre o amor, e este novo sentimento, é algo tão real que é impossível você não se familiarizar.

A autora criou as personagens de uma forma bem concisa, que foi fácil de visualiza-las como se você estivesse vivendo naquela mesma escola e sendo amiga de ambas.

Adorei o livro e recomendo para quem gosta de livros com a temática e até mesmo para os que ainda nunca leram nada do gênero.

Resenha: Verity // Colleen Hoover

Resenha: Verity // Colleen Hoover

Resenha 🌷
resenhameuromeo
⠀⠀
320 páginas || @colleenhoover || @galerarecord
O amor é capaz de superar a pior das verdades? Verity Crawford é a autora best-seller por trás de uma série de sucesso. Ela está no auge de sua carreira, aclamada pela crítica e pelo público, no entanto, um súbito e terrível acidente acaba interrompendo suas atividades, deixando-a sem condições de concluir a história. e é nessa complexa circunstância que surge Lowen Ashleigh, uma escritora à beira da falência convidada a escrever, sob um pseudônimo, os três livros restantes da já consolidada série. Para que consiga entender melhor o processo criativo de Verity com relação aos livros publicados e, ainda, tentar descobrir seus possíveis planos para os próximos, Lowen decide passar alguns s na casa dos Crawford, imersa no caótico escritório de Verity – e, lá, encontra uma espécie de autobiografia onde a escritora narra os fatos acontecidos deSDe o em que conhece Jeremy, seu marido, até os instantes imetamente anteriores a seu acidente – incluindo sua perspectiva sobre as tragés ocorridas às filhas do casal. Quanto mais o tempo passa, mais Lowen se percebe envolvida em uma confusa rede de mentiras e segredos, e, lentamente, adquire sua própria posição no jogo psicológico que rodeia aquela casa. Emocional e fisicamente atraída por Jeremy, ela precisa decidir: expor uma versão que nem ele conhece sobre a própria esposa ou manter o sigilo dos escritos de Verity? Edição exclusiva que acompanha os marcadores de páginas Verity, o lado feio do amor, Confesse, Novembro, 9, É assim que acaba, Tarde demais, As mil partes do meu coração e Todas as suas (im)perfeições.

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VERITY, novo lançamento da Colleen Hoover e que eu recebi em parceria com a Editora Galera Record.
⠀⠀
Lowen está a caminho de uma reunião quando um acidente acaba abalando muito seus pensamentos.
Em estado de choque ela não consegue se mover do lugar, pois seus pensamentos são muito confusos. O cheiro de sangue, o susto do que presenciou acaba impactando muito, ainda mais porque recentemente ela perdeu sua mãe.
⠀⠀
Até que um estranho aparece e acaba lhe ajudando.
O que ela não esperava era que esse estranho estaria na mesma reunião e te ofereceria um emprego irrecusável: terminar a série de sucesso que sua esposa Verity por problemas de saúde não pode terminar.
⠀⠀
O que ela jamais esperava quando chegou na casa de Jeremy, era achar uma autobiografia de sua esposa e que fará ela repensar em todas as suas atitudes a partir daí.
⠀⠀
🌷 Sombrio. Se eu pudesse descrever em uma palavra ela seria, sombrio.
⠀⠀
Quando eu li a sinopse eu não consegui não me apegar a história e por ser Colleen Hoover eu sabia do significado do livro: uma história intensa e que poderia acabar com o meu coração.
⠀⠀
Mas este livro não é um romance… pelo contrário, ele é um Thriller capaz de te fazer pensar se você está certo ou não.
⠀⠀
Por ser seu primeiro do gênero, eu senti o que ela quis dizer, até mesmo porque ela te deixa com aquele sentimento de “será que eu estava sendo manipulada este tempo todo?”
Ou será que na verdade é tudo uma realidade nua e crua?
⠀⠀
Impressionante, às vezes chocante, às vezes de arrepiar e às vezes até de doer a alma.
⠀⠀
Não é uma história padrão CoHo. Não é uma história que te fará chorar.
⠀⠀
Você vai acabar ela pensativo.
Vai analisar cada decisão, cada parágrafo, cada atitude. E quando terminar, você não vai conseguir não falar com alguém, porque você vai precisar desabafar.
⠀⠀
Vai precisar digerir a história.
E não é normal? Ela é Colleen Hoover e quando trata-se dela uma história não é apenas uma história, é algo que vai te marcar e se tornar inesquecível de todas as formas possíveis.
Lançamento: As maldições ancentrais

Lançamento: As maldições ancentrais

Cassandra Clare e Wesley Chu lançam o primeiro livro da nova série que acompanha o feiticeiro Magnus Bane e o caçador de sombras Alec Lightwood enquanto viajam pelo mundo após a Guerra Mortal. 

Tudo o que Magnus Bane queria era aproveitar suas férias pela Europa com Alec Lightwood, o Caçador de Sombras que, contra todas as probabilidades, finalmente é seu namorado. Mas assim que os dois se instalam em Paris, uma velha amiga chega com notícias sobre um culto de adoração a demônios chamado A Mão Escarlate, que está empenhado em causar o caos em todo o mundo – um culto que, aparentemente, foi fundado pelo próprio Magnus, anos atrás. Agora, Magnus e Alec vão percorrer o continente europeu para rastrear A Mão Escarlate e seu novo e ilusório líder antes que o culto cause ainda mais danos. Como se não fosse suficientemente ruim que suas férias românticas tivessem sido desviadas do trajeto original, os demônios agora estão perseguindo todos os seus passos, e está se tornando cada vez mais difícil distinguir amigos de inimigos. À medida que sua busca por respostas se torna cada vez mais complexa, Magnus e Alec precisarão confiar um no outro mais do que nunca – mesmo que isso signifique revelar os segredos que ambos mantêm.