Resenha: Livre para recomeçar / Paola Alexsandra

Resenha: Livre para recomeçar / Paola Alexsandra

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

400 páginas || @livrosefuxicos


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro LIVRE PARA COMEÇAR, que eu recebi em parceria com a editora Planeta dos Livros Brasil, e que foi resenhado pela colaboradora Kelly.

Anastácia, Condessa de Vienne, vive presa em um casamento atormentado. Seu marido algoz, o Conde, a trata como uma prisioneira e a apresenta para sociedade como uma desequilibrada.

Anastácia, não suportando mais sua vida de casada se rebela, sendo que tal ato é compreendido por todos como uma manifestação de loucura e ela acaba presa no famoso hospício para alienados do Rio de Janeiro.

Três anos após sua internação, Anastácia precisará enfrentar o passado e descobrir como recomeçar.

Em busca de recomeçar sua vida, ela conhece Benício de Sá, mais conhecido como o Bastardo do Café, que passou sua vida inteira lutando contra a opressão do pai – um dos mais poderosos cafeicultores do Brasil.

Anastácia e Benício se conhecem em meio aos seus destroços… e resta saber se estão prontos para recomeçar.

🌷Queridos amigos, que livro fofo!

A narrativa desse romance é permeada de informações históricas e nos remete para Rio de Janeiro do final do século XIX (um pouco antes da abolição da escravatura).

Anastácia é uma mocinha aguerrida, que enfrenta todas as agruras impostas por seu marido perverso, se mantendo sã e ainda consegue ajudar seu próximo.

Além disso, no livro somos brindados aqui com personagens fortes e coerentes (que representavam a minoria à época), vivendo um mar de dificuldades e que ainda assim, conseguem nos encantar desde o começo.

Lembrem-se de que estamos lendo sobre um período da história onde a mulher e os negros não tinham voz e eram imensamente descriminados (sim, a história traz mulheres e negros lutando por seu espaço).

Com tudo isso, a autora, com toda delicadeza, consegue nos passar uma história crível, de superação e força, capaz de motivar qualquer um.

Destaque para as pesquisas históricas que, ao meu ver, foram espetaculares.

Além de tudo isso, a Paola nos traz um romance lindo, e nós, leitores, ganhamos uma aula de história sobre a cidade do Rio de Janeiro e sobre alguns personagens reais do início do século.

A nível de curiosidade, a personagem Anastácia, foi inspirada na Dona Veridiana (do Palacete Dona Veridiana em SP, uma mulher bem à frente do seu tempo) e Samuel, meio irmão de Benício, foi inspirado num paulista chamado Luís Gama, um mulato que também se destacou em sua época.

Por fim, livro recomendadíssimo no qual tenho certeza que vocês vão adorar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s