Resenha: Meu querido meio-irmão / Penélope Ward

Resenha: Meu querido meio-irmão / Penélope Ward

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MEU QUERIDO MEIO-IRMÃO, que foi publicado no Brasil pela editora Pandorga.

Greta jamais imaginou que sua vida mudaria tanto com a chegada de um novo membro na sua casa.

Elec, o novo membro da família é filho do seu padrasto, e logo Greta percebe que ele quer tudo, menos morar com eles.

Ele é tatuado, leva uma garota diferente para casa todos os dias, e faz de tudo para transformar a vida de Greta em um inferno.

Só que a medida que ambos vão se conhecendo, Greta percebe que talvez ele não seja tudo o que queira aparentar ser.

Só que ele é seu meio-irmão, e um relacionamento entre eles, seria inconcebível. Só que como resistir à tentação e ao desejo que os une?

🌷Eu tenho este livro a algum tempo, desde que eu acabei lendo o livro “Querido Vizinho”, e fiquei sabendo que ele na verdade era um
Spin-off deste livro.

E não sei porque, mas a princípio eu tive muito medo de ler e me decepcionar.

Eis que então, eu olhei ele na prateleira e falei: vou ler.

Preciso falar pra vocês que não existe sentimento melhor do que quando você começa uma história sem expectativa, e ela te surpreende muito positivamente e posso dizer que isto aconteceu comigo neste livro.

Eu simplesmente amei tão intensamente que as vezes me faltam palavras para explicar.

Eu me envolvi tanto pela história da Greta e do Elec, que nem nos meus melhores sonhos eu imaginei que me apaixonaria assim.

A história é contada pela ponto de vista da Greta, e como sua história se cruzou com a do seu meio-irmão, Elec.

A medida que fui lendo e conhecendo os personagens, foi impossível não me envolver.

A Greta é amável, doce, apaixonante e uma menina de ouro.

Já o Elec é aquele típico personagem que queremos odiar, mas fica impossível porque ele te conquista logo de cara.

E que história!

Que amor sensível, forte e que é capaz de superar tudo, mesmo com tantos obstáculos.
O amor dos dois superou tantas barreiras, e tantas coisas que foi impossível não me emocionar.

Chorei com eles, me apaixonei por eles e torci por eles mesmo que meu coração ficasse apertado com cada página virada.

É um livro especial, e que me fez ler ele em menos de 6 horas, tamanha foi a intensidade da história.

Com certeza se tornou o meu favorito da autora, e tomou para si um pedaço do meu pobre coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s